quinta-feira, 23 de abril de 2009

Essência

A vida acontece enquanto você se esconde
Nas cavernas do seu desencanto
A vida acontece enquanto você se agarra à última pedra
Antes de cair no abismo

Viver só é possível com muito ar nos pulmões
Não reflita: enquanto se pensa, não se vive

Filosofar é dar voltas em torno de si mesmo
Pensar não leva a nada e nem nos guia para algo além do mundo
Não nos mostra de onde viemos
E nem porquê estamos aqui

Pensar nos leva apenas
A uma série de inferências
Que por sua vez nos levam a outras inferências
E que no final, não nos levam a lugar algum

Abandone os pensamentos, eis o primeiro passo
Depois, rasgue as suas roupas e seja livre
Não os tecidos sintéticos que cobrem o seu corpo
E explicitam o seu viés fashion
Mas as suas vestes de guerra
As armaduras que envolvem o seu coração
E as máscaras que usa para se proteger do mundo

Rasgue as suas máscaras à prova de lágrimas
Que sorriem de forma automática
(Na maior parte das vezes para quem nem merece sorrisos)
E deixe que as lágrimas caiam, quando elas assim quiserem

E então seja feliz
Ou mesmo triste
Mas seja você
Só você

4 comentários: